Consultor Jurídico

Artigos

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Opinião

Escritórios de advocacia precisam de visão estratégica e gestão profissional

Por 

Os escritórios de advocacia estão necessitando de uma visão estratégica, precisando se transformar com gestão profissional. Um dos mais importantes desafios da gestão legal tem sido aprimorar a sua capacidade de planejar e de se comunicar com diversos públicos.

Os mercados estão sofrendo segmentações e os públicos criando nichos e redes de relacionamentos específicos. Um bom projeto significa planejar, antecipar o futuro e organizar o seu escritório para conhecer melhor o meio em que atua.

Ferramentas específicas de marketing estão surgindo a cada dia e podem ser usadas na advocacia, tudo sem ferir com o código de ética da OAB. Marketing aliado à tecnologia são indispensáveis à inovação e ao sucesso em qualquer segmento. Mas em determinadas áreas, como é o caso da área jurídica, é fundamental conhecer e respeitar as normas que regem a comunicação e o marketing neste segmento.

O planejamento e o uso correto das ferramentas de comunicação ajudam a transformar prospects em clientes e a fortalecer a marca e o posicionamento das marcas dos escritórios junto ao seu público. O Brasil é o terceiro país no mundo que passa mais tempo na internet, atrás apenas da Filipinas e da Tailândia.

O brasileiro passa em média 5,4 horas na internet pelo monitor, e 3,8 horas por meio do mobile. 54% da população é usuária ativa de internet. Já em relação às mídias sociais, são 47% da população com contas ativas. No último ano, o número de page views via dispositivos móveis cresceu incríveis 109%, enquanto os acessos via desktops caiu 12%. 

Na Advocacia, o Brasil tem mais de 1 milhão de advogados. Mas então por onde você deve começar? Qual o primeiro passo? O que pode e o que não pode fazer na comunicação e no marketing jurídico? Quais as oportunidades que já existem dentro do universo digital e que devem ser investidas pelas sociedades de advogados?

O grande objetivo de se investir em marketing digital é posicionar bem o escritório na web, melhorar o seu relacionamento e gerar leads - interessados em conhecer melhor o seu trabalho. Portanto, indico as seguintes estratégias:

Sites Mobiles Responsives
Permite que as informações do site sejam apresentadas de uma forma adaptável e automática em: Smartphones, Tablets e Desktop. Deve ter um blog de notícias e artigos com compartilhamento nas redes sociais.

Aplicativo Mobile
Pode ser baixado em todas as lojas apps para iniciar um relacionamento interativo e exclusivo com os usuários de uma maneira diferenciada. Ter o escritório no bolso dos clientes com acesso a documentos em ambientes restritos é um exemplo.

Redes Sociais
Têm o objetivo de gerar relacionamento, interação e distribuição de conteúdo relevante usando a sua própria rede de contatos.

Marketing de Busca
SEO (Search Engine Optimization), otimização de sites, é um conjunto de estratégias para fazer um site aparecer bem posicionado no Google.

Gestão de Conteúdo
Conteúdo diário e relevante para o público é essencial para manter viva a presença na internet e trazer seguidores. Os canais mais usados são: redes sociais, site do escritório e newsletters eletrônicas, sempre integrando as plataformas digitais.

Impulso de postagens
Sugerimos fazer impulso de postagens importantes para alcançar mais pessoas que seguem a sua página, pois hoje postagens orgânicas não chegam para toda a sua base. 

Newsletter Eletrônica
É uma comunicação periódica realizada via e-mail para os contatos do escritório, oferecendo conteúdo relevante sobre as Áreas do Direito em que atua. Tem como objetivo gerar relacionamento e criar vínculos com o leitor, trazendo mais credibilidade à marca.

Revistas Jurídicas
São publicações físicas e digitais disponíveis em sites e aplicativos que reúnem artigos de toda banca para transmitir a competência e conhecimento jurídico do escritório.

Relatórios de Monitoramento
Os relatórios mensais são essenciais para monitorar as estatísticas, identificar os pontos fortes e o que deve ser melhorado nas ações digitais.

Isso tudo é o marketing Jurídico na era digital – sua atuação estratégica por meio das plataformas digitais. Portanto, marketing não é só propaganda. Os resultados e o retorno para a marca serão proporcionais ao nível de conteúdo, posicionamento e relacionamento empregado.

Discuta este assunto com seus sócios, advogados e colaboradores. Trate isso como mais uma tarefa importante da profissão. Gestão e Marketing são essenciais para a sustentabilidade de qualquer negócio.

Custa mais caro não fazer nada do que investir na sua marca jurídica, pense nisso!

 é sócio diretor da In Company – Projetos de Gestão & Marketing Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 14 de abril de 2017, 16h37

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/04/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.