Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Delações da Odebrecht

Leonardo Pantaleão assume defesa de executivo do Metrô acusado de suborno

O criminalista Leonardo Pantaleão acaba de assumir a defesa de Décio Tambelli, funcionário do Metrô de São Paulo. Tambelli foi acusado pelo superintendente de infraestrutura da Odebrecht, Fabio Gandolfo, de receber propina para superfaturar contratos da obra da Linha 2 – Verde do metrô.

Gandolfo é um dos executivos da construtora que assinou acordo de delação premiada com os investigadores da operação “lava jato”. Segundo ele, Tambelli recebeu R$ 1,5 milhão para manter o esquema de superfaturamento funcionando.

A investigação também implica o senador José Serra (PSDB-SP) e suas campanhas para o governo paulista, para a prefeitura de São Paulo e para presidente da República em 2010, 2012 e 2014, respectivamente. A Procuradoria-Geral da República, no entanto, preferiu separar a parte que o menciona num inquérito independente que investigará se o excedente desses contratos superfaturados foi usado para abastecer as campanhas de Serra ou o caixa do PSDB.

As menções a Tambelli, feitas junto a membros do Tribunal de Contas de São Paulo e outros funcionários do Metrô, foram encaminhadas pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, à Justiça Federal de São Paulo.

Clique aqui para ver o pedido da PGR e a decisão do ministro Fachin.
PET 6.637

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 19 de abril de 2017, 14h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/04/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.