Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fronteira como fuga

Temer oferece PF para ajudar Paraguai a investigar assalto milionário

O governo federal disse, nesta segunda-feira (24/4), que “acompanha os desdobramentos” do assalto à sede da transportadora de valores Prosegur em Ciudad del Este, no Paraguai. O presidente Michel Temer determinou ao Ministério da Justiça que deixe a Polícia Federal à disposição das autoridades paraguaias.

A Polícia Nacional Paraguai informou nesta segunda que “cerca de 50 homens fortemente armados” assaltaram a sede da Prosegur em Ciudad del Este durante a madrugada. Estima-se que tenham sido levados US$ 40 milhões, mas a polícia disse que os valores ainda não foram contabilizados. De acordo com o site de notícias ABC Color, só foram levados reais e dólares; guaranis foram deixados para trás. A publicação afirma que foi o maior assalto da história do país.

De acordo com o site G1, três pessoas apontadas como suspeitas de ter participado do assalto foram mortas em confronto com a PF brasileira em Itaipulândia, no Paraná. Outros dois ficaram feridos em trocas de tiros e foram presos.

Revista Consultor Jurídico, 24 de abril de 2017, 21h02

Comentários de leitores

1 comentário

Demagogia

milico (Policial Militar)

Assaltos no Brasil acontecem a toda hora e francamente ao sol do dia sem qualquer impedimento policial e ninguém se preocupa em impedi-los. Agora porque se incomodar com assalto no quintal do vizinho?

Comentários encerrados em 02/05/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.