Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem preparo

"Janot é o procurador-geral mais desqualificado da história da PGR", diz Gilmar

Rodrigo Janot é “o procurador-geral mais desqualificado que já passou pela história da Procuradoria”, diz o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Em entrevista à Rádio Gaúcha no domingo (6/8), o também presidente do Tribunal Superior Eleitoral disse que o atual PGR “não tem preparo jurídico e nem emocional para dirigir um órgão dessa importância”.

"Procurador não pode reescrever a lei", afirma ministro Gilmar Mendes.
Nelson Jr./SCO/STF

Gilmar dizia aos entrevistadores que sempre foi um críticos das ilegalidades cometidas pelos órgãos estatais durante investigações de crimes, e com a “lava jato” não foi diferente. “Isso não tem a ver com ‘lava jato’. O importante é que haja respeito à lei. Procurador não pode reescrever a lei, delegado não pode reescrever a lei e juiz não pode reescrever a lei.”

Ouça a entrevista:

O ministro foi questionado sobre ter passado a criticar mais severamente a “lava jato” depois que o PT foi derrubado do governo federal e Michel Temer, do PMDB, assumiu a Presidência da República. “Sempre fui voz vencida na 2ª Turma quanto ao alongamento das prisões preventivas da ‘lava jato’. Fui eu que dei o terceiro voto – e voto de desempate – no Habeas Corpus do José Dirceu, que não pode ser acusado de ser simpatizante das minhas posições”, disse.

Gilmar Mendes explicou, então, que o Supremo tem reavaliado posições que adotou no passado quanto ao papel do tribunal em relação à homologação de acordos de delação. Ao que os entrevistadores responderam perguntando se a troca de PGR pode fazer com que a lei seja respeitada. “Sem dúvida nenhuma”, respondeu o ministro.

Revista Consultor Jurídico, 7 de agosto de 2017, 19h56

Comentários de leitores

25 comentários

Sujo e Mal Lavado

Ade Vogado (Advogado Autônomo - Tributária)

Dizeres de um dos piores Ministros que o STF já teve...

Então Janot pode ficar tranquilo, o comentário não vale nada.

"Janot é o procurador-geral mais desqualificado da história

José Carlos Silva (Advogado Autônomo)

A apresentadora Mônica Iozzi manifestou sua opinião a respeito do Ministro. Ele não gostou, processou e apresentadora e... ganhou. Ele não gosta de ser criticado. Mas gosta de criticar. Ele não gosta de ser alvo das opiniões alheias. Mas adora dar suas opiniões, mesmo sem lhe pedirem. Como já mencionado aqui, ninguém o censura por isso. Nem a Presidente do STF nem o Presidente do CNJ. Por que será?

Não entro no mérito, mas...

Neli (Procurador do Município)

Não entro no mérito, mas,juiz ficar dando entrevista é pior do que um procurador da República despreparado, pois não!?
Não entro no mérito, mas, aprendi (numa faculdade não de ponta que, certamente, o ministro estudou), o Juiz só pode falar nos autos do processo.
E aprendi há mais de quarenta anos, no primeiro ano de Direito, com um professor não famoso, possivelmente nem mestre ou doutor fosse. Todavia, as suas preciosas lições ficaram em minha memória.
Anos mais tarde, quando estava me aperfeiçoando para prestar concurso e ingressar na Magistratura,aprendi que o Juiz deve ser o ator apenas no processo.
Os deuses não quiseram que eu fosse aprovada... Ou talvez, por ter feito supletivo de primeiro e segundo graus e ter estudado em uma faculdade não de ponta (na época!)
Ou. Talvez porque fosse séria, compenetrada, tendo capacidade para fundamentar e bom senso para julgar. Ou o próprio Deus nas alturas tenha me dado outra Missão na Terra.
Juiz (em qualquer grau), não pode ter o pensamento exposto, como se fosse um ator de televisão.
A Justiça merece respeito!
Não sei se o Procurador Geral da República errou, mas, se errou, cabe ao Supremo Tribunal Federal corrigir, e não um ministro dar entrevista aqui ou ali anunciando seu erro.
E não sei se ele é despreparado: pode ser,pode não ser, sabe-se lá, só sei dizer que ele cumpre uma altíssima função na República e só por isso merece o respeito de todos.
Data máxima vênia.
Todo apoio para a Lava Jato.
Parabéns para a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Juiz Federal e Tribunais pelo excelente trabalho efetuado em prol do Brasil.
Os brasileiros do futuro agradecerão.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 15/08/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.