Consultor Jurídico

Notícias

Dia do advogado

OAB-SP lança documentário sobre história da entidade; assista

Comentários de leitores

3 comentários

Saudades !

LunaLuchetta (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

A OAB sp vive de saudades !!
Vai longe tempo em que era dirigida por "Advogados de Respeito", isto é, por quem, por suas qualidades; por seu saber (no sentido mais amplo); e, por seu proceder, se destacavam entre seus pares.
Vai longe o tempo em que a OAB sp lutava em prol dos Advogados, n sentido mais amplo, como no tempo de Mario Sérgio Duarte Garcia e Antônio Cláudio Mariz de Oliveira.
Vai longe o tempo em que a OAB sp lutada em prol da democracia.
Vai longe o tempo..... só nos resta saudades !!!

Verdade - ii

O IDEÓLOGO (Outros)

Em 1964, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) esteve ao lado dos militares e apoiou o fim de um governo eleito por mais de 90% da população brasileira, quando João Goulart foi expulso do Poder. Foram anos de ditadura e violência e uma luta desgastante para que a democracia fosse instalada novamente.
Lembro que, o apoio maciço dos advogados ao "Ancien Regime Militaire" ocorreu pelo fato de a maioria dos referidos profissionais possuírem posições políticas e jurídicas reacionárias. As exceções são aqueles que, diretamente, lutaram contra o aludido regime, como o brilhante Raymundo Faoro. A grande maioria navegou as águas da mediocridade, pouco se preocupando com a situação política do país, em uma alienação que surpreenderia o pensador marxista italiano, Antônio Gramsci, o revolucionário francês, M. Robespierre e o jurista germânico, Carl Schmitt. Ou seja, os advogados permaneceram, para utilizar uma expressão popular "em cima do muro", restritos ao recebimento de honorários, relegando ao oblívio os interesses dos clientes e da própria Nação(http://www.huffpostbrasil.com/2016/03/31/em-1964-oab-apoiou-o-golpe-militar-mas-se-arrependeu-depois_a_21689832/).

Verdade

O IDEÓLOGO (Outros)

Será que a OAB tem compromisso com a verdade?

Comentar

Comentários encerrados em 20/08/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.