Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Escritório de bolso

Advogado trabalhista poderá acompanhar audiências e emitir boletos por aplicativo

Boa parte das funções que o advogado tem que exercer na Justiça do Trabalho podem agora ser feitas pelo celular. Nesta semana foi lançado o e-JT, aplicativo que permite checar a movimentação de processos, decisões, acompanhar notícias, jurisprudência e pautas de audiências e sessões e até emitir boletos para pagamentos, entre outras comodidades.

Interface do aplicativo, que já está disponível para o TRT-5.Reprodução 

O aplicativo traz novidades como a comunicação, via chat, entre advogados de estados diferentes, possibilidade de propor acordos, ferramenta para verificação de autenticidade de documentos no Processo Judicial eletrônico (PJe) e integração com outros TRTs.

O projeto inicial foi desenvolvido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (BA), e agora terá abrangência nacional. A disponibilização do aplicativo se dará de forma gradual. Nesta semana, o software já pode ser baixado pelo público do TRT-5. Em breve, será expandido para o TRT da 4ª Região (RS) e 21ª Região (RN) e, até o fim do ano, para todas as Regiões.

Integração com outros TRTs
Os usuários poderão escolher de qual Regional desejam consultar as informações. E, quando novos tribunais forem integrados, eles serão avisados.

Verificação de autenticidade de documentos do PJe
O usuário poderá utilizar a câmera do celular para ler o código de barras do documento produzido no PJe, validando assim a sua autenticidade. Este código também poderá ser digitado. Além disso, poderá visualizar outros documentos vinculados ao principal.

Chat
Os magistrados e advogados que estiverem autenticados no aplicativo poderão acessar a ferramenta de chat para troca de mensagens instantâneas entre usuários com mesmo perfil.

Backup e recuperação de dados
O usuário poderá fazer backup de outras informações além dos processos favoritos, tais como marcadores, notas, jurisprudências favoritas, entre outros. Com isto, será possível recuperá-las caso precise reinstalar o aplicativo ou recuperar de outro equipamento.

Compartilhamento de processos
Possibilita enviar um link para outro usuário do aplicativo para que ele tenha acesso ao processo de forma mais rápida.

Revista Consultor Jurídico, 23 de fevereiro de 2017, 13h30

Comentários de leitores

3 comentários

Excelente!

Gabriel Cabral Parente Bezerra (Advogado Autônomo - Tributária)

Bravo! Meus parabéns ao TRT da 5ª Região!

Excelente!

Gabriel Cabral Parente Bezerra (Advogado Autônomo - Tributária)

Bravo! Meus parabéns ao TRT da 5ª Região!

Excelente!

Gabriel Cabral Parente Bezerra (Advogado Autônomo - Tributária)

Bravo! Meus parabéns ao TRT da 5ª Região!

Comentários encerrados em 03/03/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.