Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reforços de peso

Escritório de ministro aposentado Ayres Britto tem três novos advogados

O escritório brasiliense Ayres Britto Consultoria Jurídica e Advocacia, fundado pelo ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal Carlos Ayres Britto, tem três novos integrantes: Saul Tourinho Leal, Natália Peppi Cavalcanti e Vivian Fróes Fiuza Rodrigues.

Tourinho Leal atuará nas ações perante o Supremo Tribunal Federal e coordenará a área de contencioso tributário da banca. Ele tem passagem pelo Pinheiro Neto Advogados e foi foreign clerk [assistente de ministro] da Corte Constitucional da África do Sul. Ele é autor de quatro livros: Direito à felicidade; Controle de Constitucionalidade Moderno; KATIBA - Vivendo o sonho do Quênia: O constitucionalismo da esperança na África Contemporânea; Ativismo ou Altivez? O outro lado do Supremo Tribunal Federal.

Natália, por sua vez, dirigirá a equipe de contencioso estratégico com atuação voltada ao Superior Tribunal de Justiça. Além disso, trabalhará na ampliação da área de Direito Digital. Vinda do Pinheiro Neto, ela também passou pelo Demarest Advogados.

Já Vivian Fróes reforçará a equipe do contencioso estratégico, com o objetivo de ampliar a atuação do escritório em Direito Privado.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 3 de julho de 2017, 19h52

Comentários de leitores

1 comentário

Jabuticaba Juridica

Jorge Lima Daou (Contabilista)

Só na Republica Surrealista do Brasil ex-ministro do Supremo abre escritório de advocacia!
O sujeito recebe um régio salário até a hora da morte enão aceita que seu tempo passou!
O mais estranho, é que esse dito cujo ficou constrangido de exercer seu voto de minerva, o que eu aprendi no primário que era dever - e não direito - de Presidente do STF!

Comentários encerrados em 11/07/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.