Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

De olho no chat

Alemanha aprova lei que permite grampo em aplicativos de mensagem

O parlamento alemão aprovou uma lei que permite a interceptação de conversas em serviços de mensagem,como o WhatsApp. A norma garante que agentes de segurança do país acessem essas comunicações, mediante decisão judicial. As informações são da agência de notícias alemã Deutsche Welle (DW).

Aplicativos de mensagem podem ser grampeadas na Alemanha.
Reprodução

O texto da lei delimita que, após liberação pela Justiça, as forças públicas de segurança poderão instalar um software de espionagem (spyware) no celular do investigado. O programa possibilita que as mensagens sejam lidas antes de serem criptografadas. "A legislação proíbe ainda os serviços de mensagem de impedir esse monitoramento”, explica a DW.

A nova lei ampliou ainda a busca em computadores pela internet. Antes dessa norma, essas apurações eram limitadas ao combate ao terrorismo.

A partir de agora, diz o veículo, esse monitoramento de dados engloba suspeitas de assassinato, pornografia infantil, tráfico de drogas, falsificação de dinheiro e até sonegação fiscal.

Revista Consultor Jurídico, 29 de junho de 2017, 17h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/07/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.