Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Em cima do lance

Deputado apresenta pedido de impeachment contra Temer; leia a íntegra

Por 

Nem bem as denúncias apresentadas pela imprensa contra o presidente Michel Temer foram assimiladas, o pmdbista já é alvo de um pedido de impeachment. A ação foi apresentada pelo deputado federal Alessandro Molon (Rede) há pouco, na Câmara dos Deputados.

Temer é acusado de pedir a compra do silêncio de Eduardo Cunha, preso em 2016.

Ele cita no pedido a reportagem divulgada por O Globo, que narra uma reunião entre o empresário Joesley Batista, da JBS, e Michel Temer, onde o presidente teria incentivado a compra do silêncio do ex-deputado federal e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

“Diante da gravidade dos fatos narrados, torna-se evidente que o Presidente praticou conduto que se enquadra nos tipos mencionados, o que torna inevitável o recebimento da presente denúncia”, afirma o pedido.

O deputado lista no rol de testemunhas da ação, além de Joesley Batista, o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot; o senador José Perrella de Oliveira Costa (PMDB-MG); o assessor de Temer Rodrigo Costa da Rocha Loures; e o senador Aécio Neves da Cunha, que também teria sido gravado por Joesley Batista pedindo propina.

Nego tudo
Em nota, Michel Temer nega todos os fatos narrados na notícia de O Globo. "O presidente Michel Temer jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar."

Temer confirma o encontro com Joesley Batista, mas pondera que "não houve no diálogo nada que comprometesse" sua conduta. "O presidente defende ampla e profunda investigação para apurar todas as denúncias veiculadas pela imprensa, com a responsabilização dos eventuais envolvidos em quaisquer ilícitos que venham a ser comprovados", finaliza.

Clique aqui para ler o pedido de impeachment.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 17 de maio de 2017, 22h19

Comentários de leitores

2 comentários

força probante da imprensa

Eududu (Advogado Autônomo)

Nem bem foi divulgado o furo do Lauro Jardim, já havia um pedido de impeachment pronto. Nem esperou a divulgação da delação. Deputado atuante e imprensa idônea. Viva o Brasil.

Biografia

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Parece que o cuidado que seu Baltazar da Rocha tinha com sua biografia, dessa vez foi para as cucuias!

Comentários encerrados em 25/05/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.