Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Indicação da Ordem

Advogados pleiteiam vagas para integrar CNJ e CNMP

Por 

Mais de dez advogados pleiteiam vagas para integrar o Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público por indicação do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, que tem direito a indicar dois advogados para cada órgão.

Os nomes ainda devem ser confirmados em sessão extraordinária do Conselho Pleno da entidade, marcada para o dia 3 de abril, quando serão julgados eventuais recursos contra os candidatos.

Segundo a ConJur apurou, já fizeram as inscrições para as cadeiras no CNJ André Godinho e Valdetário Monteiro. Para o CNMP, os inscritos são Leonardo Accioly e Erick Venâncio. Porém, outros advogados também já se inscreveram. O prazo termina nesta segunda-feira (6/3).

Quem é quem
Godinho integra a bancada baiana no conselho federal e já foi representante da presidência e diretoria da OAB no CNJ. Valdetário é conselheiro federal pelo Ceará e também já atuou como representante institucional da entidade no órgão.

Vice-presidente da seccional da OAB em Pernambuco, Accioly já foi presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas. E o advogado acriano Venâncio representou a OAB no CNMP — sem direito a voto, entretanto.

Os mandatos de dois anos dos atuais conselheiros do CNJ indicados pela OAB, Luiz Cláudio Silva Allemand e José Norberto Lopes Campelo, terminam em setembro deste ano. No CNMP, deverão deixar o órgão os conselheiros Esdras Dantas de Souza e Walter de Agra Júnior.

*Texto alterado às 20h40 para correção de informação.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 6 de março de 2017, 18h23

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/03/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.