Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tempo para adaptação

Após problemas, TJ-SP estica prazo para acabar com versão antiga do e-SAJ

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu adiar, sem prazo determinado, o período para advogados e partes instalarem a nova versão do sistema de processo eletrônico e-SAJ. Lançada no dia 1º de março, a ferramenta deveria ser substituída até 15 de março por atualizações do plugin Web Signer, eliminando o atual Java.

A medida foi tomada depois que o peticionamento eletrônico passou por períodos de instabilidade, nos últimos dias. Houve falhas por mais de uma hora nesta terça-feira (7/3) e nos dias 2, 3 e 6 de março, segundo comunicados da Secretaria de Tecnologia da Informação.

Mesmo assim, a corte afirma que usuários já podem fazer download do Web Signer. Essa mudança é necessária porque o suporte para o Java, oferecido pelos navegadores Mozilla Firefox, Google Chrome e Internet Explorer está sendo encerrado pelas principais empresas de tecnologia.

Em nota, a corte pede que ninguém ainda desinstale o Java, para que possa continuar usando a versão antiga do portal e-SAJ pelo Internet Explorer.

O TJ-SP também aponta melhorias com a nova ferramenta: pode-se incluir até 20 documentos ao mesmo tempo no processo, bastando que o usuário mova e solte itens com o uso do mouse. O Web Signer também possibilita uso do certificado digital para identificação e assinatura de documentos. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 8 de março de 2017, 9h02

Comentários de leitores

3 comentários

Já era tempo...

Luiz.Fernando (Advogado Autônomo - Consumidor)

Java demonstrou com o tempo ser extremamente pesado (por rodar em segundo plano) e inseguro, devido às múltiplas falhas e correções constantes.

Websigner aparenta ser leve e rápido.

Só não entendi o porquê do pessoal do TI não disponibilizar duas páginas distintas, o que facilitaria muito caso o novo sistema falhasse, até tudo se normalizar.

Realmente é preciso mais prazo

E. COELHO (Jornalista)

Em geral todas as modificações na área da informática precisam de um prazo longo para teste, adaptações e correções, ademais quando o sistema é utilizado por mais de 500.000 usuários.
.
Esperamos que o pessoal do TI tenha sucesso.

Ainda apenas um sonho

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Realmente o projeto seria interessante, se funcionasse no Linux.

Comentários encerrados em 16/03/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.