Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novos talentos

Escritório Vernalha Guimarães & Pereira Advogados abre programa de trainees

O escritório paranaense Vernalha Guimarães & Pereira Advogados  abre nesta quinta-feira (23/3) o processo seletivo para seu 3º Programa de Trainee.

Com o objetivo de formar advogados em Direito Empresarial, o programa de um ano, extensível por mais um, proporcionará aos escolhidos uma alternância entre as áreas consultivas e contenciosas.

O processo seletivo será desenvolvido em parceria com o Grupo Cetefe Recursos Humanos e destina-se a estudantes de Direito que estejam cursando o 5º, o 6º, o 7º ou o 8º períodos no segundo semestre deste ano.

Não há limite de idade nem restrição geográfica. No entanto, uma vez aprovados, candidatos de outras regiões precisam se transferir para Curitiba. É desejável ter nível avançado de inglês e é imprescindível conhecer o pacote Office (Word, Excel, Power Point), além de ter seis horas de disponibilidade diária.

Etapas do processo
No ano passado, o programa recebeu 661 inscrições de 17 instituições de ensino. Em 2015, foram 619 cadastrados. Em cada edição, cinco trainees são recrutados pelo VG&P. As inscrições para este terceiro programa podem ser feitas pelo site do escritório até 30 de abril de 2017.

O processo seletivo é composto de quatro etapas, sendo a primeira delas a avaliação do histórico escolar. Os aprovados nessa primeira fase são chamados para avaliação escrita presencial, que inclui técnica de redação, domínio de idiomas (português e inglês), conhecimentos gerais e jurídicos. As etapas finais do processo são entrevista comportamental e com os gestores do escritório.

Estrutura do programa
O programa é estruturado em duas fases. Na primeira, os aprovados passam por uma rotatividade de trabalho para desenvolver a visão multidisciplinar e identificar as áreas de maior afinidade. Na segunda fase, os trainees são designados para atuar em um departamento específico durante um ano, de modo a aprofundarem seu conhecimento na área.

A bolsa-auxílio é de R$ 1.700 para a primeira fase e de R$ 2.300 para a segunda. Os trainees também recebem auxílio-transporte e recursos para complementar sua formação.

Em 2014, o escritório mudou sua sede para o Palacete Villa Sophia, um prédio de 1896 que integra o patrimônio histórico-cultural de Curitiba. No mesmo ano, foi inaugurada a sede do escritório em Brasília. Em 2016 e 2017, o VG&P abriu filiais em São Paulo e em Itajaí (SC), respectivamente.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 22 de março de 2017, 17h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/03/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.