Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova equipe

Procurador que trabalhou no mensalão e zelotes vai coordenar "lava jato"

O procurador regional da República José Alfredo de Paula Silva será o novo coordenador do grupo de trabalho da “lava jato” na Procuradoria-Geral da República. Ele já atuou nas investigações e processos da Ação Penal 470, o processo do mensalão, no Supremo Tribunal Federal, e da zelotes, que apura venda de sentenças no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (11/9) pela procuradora-geral da República nomeada, Raquel Dodge. Ela também chamou os procuradores Hebert Mesquita, Luana Vargas e José Ricardo Teixeira para compor o grupo da “lava jato” em Brasília.

Mesquita integra atualmente a força-tarefa da zelotes, e Luana faz parte do grupo que atua dentro da greenfield, que apura desvios de recursos públicos e fraudes na administração de quatro dos maiores fundos de pensão de empresas públicas do país. Já Teixeira possui experiência em ações de combate ao trabalho escravo e à corrupção.

Dodge, que toma posse na próxima segunda-feira (18/9), apresentou outros nomes de pessoas que vão compor sua futura gestão à frente do Ministério Público Federal. Para chefe de gabinete, foi indicada a procuradora da República Mara Elisa de Oliveira, lotada em Petrolina (PE), onde exerce a chefia administrativa da unidade.

A secretaria de Comunicação Social será ocupada pela servidora do MPF, Dione Tiago, com 22 anos de experiência na área de jornalismo. A Secretaria de Direitos Humanos e Defesa Coletiva será ocupada pelo procurador regional da República André de Carvalho Ramos. Já a Secretária da Função Constitucional terá à frente o subprocurador-geral da República Paulo Gustavo Gonet Branco, que já exerce funções perante o Supremo Tribunal Federal.

Segundo a PGR, Dodge levou em conta aspectos como a especialização jurídica, o conhecimento dos problemas do país e a experiência profissional dos indicados e a participação profissional feminina. No dia 22 de setembro, ela já havia divulgado parte da sua equipe. Com informações da Assessoria de Imprensa do MPF.

Revista Consultor Jurídico, 11 de setembro de 2017, 19h56

Comentários de leitores

1 comentário

Iludido Advogado autônomo

Iludido (Advogado Autônomo - Civil)

Este é induvidosamente o inicio do fim do lava ratos. Você que já sabe, a maior força improdutiva do seu Brasil pesadíssima, é o CN. E, ali, se fabricam leis de todos os gostos. Com ou sem interesses e até para usar o teclado para não enferrujar. È como o casamento, dura até 1 ano e depois, começa a desmoronar. Vai piorar! Você já sabe. Esta mudança é para uma preparação para as próximas eleições e o começo de tudo. PENSE NISSO!

Comentários encerrados em 19/09/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.