Consultor Jurídico

Sarnas para coçar

Trump se recusa a pagar advogado que tentou reverter eleição nas cortes

Retornar ao texto

Comentários de leitores

4 comentários

Pois é, grande Ken Pxton, enfrentando o FBI

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Só podia ser certo procurador de estado enfrentando sérias acusações federais.

https://www.nbcdfw.com/news/local/texas-news/in-fbi-probe-texas-ag-paxton-faces-aggressive-ethical-prosecutor/2509654/

https://apnews.com/article/criminal-investigations-dallas-ken-paxton-coronavirus-pandemic-crime-3657864db01b3e2525f53f8f523af316

Por acaso indiciado há cinco anos atrás e ainda não levado a julgamento...

https://www.texastribune.org/2019/06/19/ken-paxton-criminal-case-timeline-texas-attorney-general-fraud/

Pois é, grande FBI, destruindo provas

Rejane G. Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

No Estado da Geórgia, estava em andamento uma perícia forense dos votos da eleição presidencial e, de repente, o FBI "reivindicou" jurisdição e levou as provas e inutilizou.
[Publicado no site Gateaway Pundit em 09JAN21]
"FBI claims jurisdiction and yesterday took control of shredded ballots being analyzed in Georgia - sends them back to shredder"
(...) "The FBI in Georgia stopped the forensic analysis of shredded ballots, took the ballots away from the forensic team and brought them back to the shredder" (...)
(...) "The Deep State is stealing evidence in Georgia related to the 2020 election" (...)

[https://www.thegateawaypundit.com/2021/01/breaking-fbi-claims-jurisdiction-yesterday-took-control-shredded-ballots-analyzed-georgia-sends-back-shredder/]

Desinformação

Rejane G. Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

A matéria é baseada em "fontes" da Casa Branca, "ex" assessor de imprensa de Giuliani, etc., etc.
A empresa Dominion vai processar quem disse que houve fraude, só que as advogadas citadas basearam-se em laudos de "experts" em Informática e depoimentos de pessoas que trabalharam na apuração.

Attorney General Ken Paxton

Rejane G. Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

O Procurador-Geral do Texas, Ken Paxton, em seu site oficial, publicou, em 13JAN21, a notícia da prisão de uma mulher que participou da fraude eleitoral na eleição presidencial de 2020.

"AG Paxton : San Antonio Election Fraudster Arrested For Widespread Vote Harvesting and Fraud"
[https://www.texasattorneygeneral.gov/news/releases/ag-paxton-san-antonio-election-fraudster-arrested-widespread-vote-harvesting-and-fraud]

Comentar

Comentários encerrados em 23/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.